Compartilhe!

formulario mailchimp

domingo, 3 de julho de 2016

Tabela Periódica dos Elementos Químicos

Tabela Periódica dos Elementos Químicos 


Em 1869 um cara chamado Dmitri Mendeleev, começou a estudar a respeito da organização da tabela periódica, mais precisamente dizendo ele queria por um fim na bagunça e organizar para ter acesso mais fácil aos elementos.  Ao trabalhar com os elementos químicos Mendeleev observou que alguns deles tinham propriedades parecidas - ele os organizavam em função da massa de seus átomos, - então ele constatou uma repetição, ou seja, uma periodicidade.  

Mas qual o conceito de tabela periódica?


Segundo o dicionário é um tabela que dispõe dos elementos químicos, apontando de forma sistêmica suas propriedades.  


Classificação dos elementos 

(clique em cima da imagem abaixo para ampliar a visualização)


Tabela Periódica dos Elementos Químicos


A tabela periódica e classificada em metais, não metais ou ametais e gases nobres. Os metais são bons condutores de calor e eletricidade também são maleáveis. Diferente dos não metais, os não metais são péssimos condutores e podem virar qualquer estado físico na temperatura ambiente. Os gases nobres apresentam pouca reatividade.

Os elementos ainda podem ser classificados como elementos de transição ou representativos. Vale lembrar que os representativos terminam em distribuição eletrônica s ou p. Há os elementos e transição externa e interna, os elementos de transição externa são configurados em d, já os internos são configurados e f.

 Mas afinal, como é organizada a tabela periódica?


As linhas horizontais correspondem a um período. A tabela possui sete períodos, são esses que indicam a quantidade de camadas eletrônicas dos átomos do elemento.

Por exemplo: o elemento bário (BA), esta no sexto período, isso significa que os átomos do bário têm seis camadas eletrônicas, ok?

Bom, as linhas verticais contem os elementos que usam, compartilha das mesmas propriedades. 

Exemplo: na linha 6A temos o selênio (Se) e o enxofre (S) os dois recebem elétrons mais facilmente. (o que se chama eletronegatividade).

Para entender melhor, consulte a tabela periódica acima. 

Os grupos 


Alguns grupos recebem o nome do grupo e outros recebem o nome do primeiro elemento do seu grupo. Esses grupos podem aparecer sendo chamados de Família, por exemplo, família 2A. Vamos conhecê-los.

DICA: acompanhe a leitura abaixo utilizando a tabela periódica para melhor compreende-la. Irei utilizar também a palavra família para indicar o grupo, já o termo grupo será usa-lo para ajudar na localização na tabela, e espero que assim seja melhor para entender.

- a família 1A com exceção do hidrogênio (H), é chamada de alcalinos terrosos e esses metais estão localizados logo no primeiro grupo. 

- a segunda família, a família 2A, é a família dos metais alcalino-terrosos, esta no grupo Dois. 

- as famílias entre o grupo três e o decimo segundo, são os carinhas já citados acima, são os metais de transição.
- já o conjunto que esta no grupo 13, é conhecida como a família do Boro, lembra que disse que eles poderiam ser conhecidos pelo nome do primeiro elemento do seu grupo?! 

- A família 14 (grupo 14) é a família do carbono, seguida da família do nitrogênio (grupo e/ou família 15).

- a família 16 no grupo 16 chamam-se calcogênios. 

- a família 17, grupo 17, são os halogênios.

- a ultima família, 18, são os gases nobres.

E aqueles dois elementos nos 6º e 7º período em baixo na tabela?


Lembram-se dos metais de transição interna? Então, são eles mesmos, os lantanídeos e os actinídeos. 

Comente e Compartilhe No Face!

Veja, Tambem:








0 comentários:

Postar um comentário